Produtora independente de energia, a Albioma desenvolve uma perícia única nas suas dois atividades principais: a Biomassa Térmica e a Energia Solar.

Saiba mais

Número-chave

500

Colaboradores suas habilidades ao serviço do Grupo todos os dias

Saiba mais

Produtora independente de energia, a Albioma desenvolve uma perícia única nas suas dois atividades principais: a Biomassa Térmica e a Energia Solar.

Descubra nossas energias

Nùmero-chave

62%

Energia renovável no mix energético

Saiba mais

Cotada no mercado regulamentado da Euronext em Paris, a Albioma se compromete a colocar à disposição da comunidade financeira uma informação regular, transparente e acessível.

Espaço dos Acionistas

Nossas unidades > Maurício

Usine de Terragen

  • Tipo: Usina termelétrica de biomassa
  • Operação desde: 2000
  • Potência instalada: 70 MW
  • Colaboradores: 49

Primeira usina termelétrica de biomassa operada pela Albioma fora dos territórios ultramarinos da França, Terragen iniciou suas operações em 2000 para produzir energia elétrica renovável na Ilha Maurício a partir do bagaço, um resíduo fibroso da cana-de-açúcar.

Atividades

Localizada em Mapou, no norte da Ilha Maurício, a unidade de cogeração Terragen tem capacidade instalada de 70 MW. A Albioma é acionista da empresa proprietária dessa unidade ao lado do grupo Terra, proprietário da refinaria de açúcar vizinha.

253

mil toneladas

toneladas de bagaço utilizadas em 2018

8 250

toneladas de palha de cana

avaliadas em 2018

421

GWh

de energia elétrica produzidos em 2018

Biomassa e produção de energia

Em 2018, a usina de Terragen produziu 421 GWh de energia elétrica. Para isso, foram utilizadas 253.000 toneladas de bagaço e 8.250 toneladas de palha de cana, que são recursos locais e disponíveis em grandes quantidades. Desde 2015, a Terragen implementou uma iniciativa para colher em algumas superfícies 50% da palha de cana deixada nos campos após o corte da cana. A palha assim coletada é compactada em fardos de 500 kg que são transportados à usina para seu uso como combustível. Essa operação de transformação, baseada no know-how técnico das equipes da Albioma, possibilita a valorização de um combustível renovável produzido localmente para substituir o carvão. Faz parte do desejo expresso da Terragen e da Albioma seu direcionamento, no interesse do país, para usar mais biomassa.