Produtora independente de energia, a Albioma desenvolve uma perícia única nas suas dois atividades principais: a Biomassa Térmica e a Energia Solar.

Saiba mais

Número-chave

500

Colaboradores suas habilidades ao serviço do Grupo todos os dias

Saiba mais

Produtora independente de energia, a Albioma desenvolve uma perícia única nas suas dois atividades principais: a Biomassa Térmica e a Energia Solar.

Descubra nossas energias

Nùmero-chave

62%

Energia renovável no mix energético

Saiba mais

Cotada no mercado regulamentado da NYSE Euronext em Paris (compartimento B), a Albioma se compromete a colocar à disposição da comunidade financeira uma informação regular, transparente e acessível.

Espaço dos Acionistas

Nossas unidades > Maurício

Usina de Savannah

  • Tipo: Usina termelétrica de biomassa
  • Operação desde: 2007
  • Potência instalada: 95 MW
  • Colaboradores: 80

Desde a sua inauguração em 2007, a usina termelétrica a biomassa de Savannah produz energia elétrica e vapor de baixa pressão para alimentar o sistema interligado da Ilha Maurício.

Atividades

Localizada no sul da Ilha Maurício, a unidade de cogeração de Savannah tem uma capacidade instalada de 95 MW. É de propriedade conjunta da Omnicane, uma produtora de açúcar, da Albioma e da Sugar Investment Trust, uma empresa de investimentos cooperativa dirigida por trabalhadores da indústria sucroenergética do país.

314

mil toneladas

de bagaço utilizadas em um ciclo de produção anual

443

GWh

de energia elétrica para o sistema interligado mauriciano em 2018

Biomassa e produção de energia

Durante as safras de cana-de-açúcar, a usina de Savannah opera principalmente com bagaço para produzir tanto energia elétrica para a rede da Central Electricity Board quanto vapor de baixa pressão que a refinaria de açúcar da Omnicane precisa. Este recurso fibroso está presente em grandes quantidades na Ilha Maurício, onde as plantações de cana-de-açúcar ainda constituem o primeiro recurso agrícola local. Em 2018, 314.000 toneladas de bagaço foram utilizadas em conjunto com outras fontes de biomassa local e carvão para fornecer 443 GWh de energia elétrica para o sistema interligado mauriciano.

O Carbon Burn Out: uma novidade mundial

Em 2016, Omnicane e Albioma inauguraram uma central na unidade de Savannah para reduzir o carbono nos resíduos de carvão. Esta inovação global, chamada “Carbon Burn Out”, permitiu tratar quase 40% da tonelagem de subprodutos de combustão gerados pela atividade das usinas de Savannah, Terragen e Saint-Aubin em 2019 para então valorizá-los como aditivo para cimento no setor da construção e das obras públicas.