Produtora independente de energia, a Albioma desenvolve uma perícia única nas suas dois atividades principais: a Biomassa Térmica e a Energia Solar.

Saiba mais

Número-chave

500

Colaboradores suas habilidades ao serviço do Grupo todos os dias

Saiba mais

Produtora independente de energia, a Albioma desenvolve uma perícia única nas suas dois atividades principais: a Biomassa Térmica e a Energia Solar.

Descubra nossas energias

Nùmero-chave

62%

Energia renovável no mix energético

Saiba mais

Cotada no mercado regulamentado da Euronext em Paris, a Albioma se compromete a colocar à disposição da comunidade financeira uma informação regular, transparente e acessível.

Espaço dos Acionistas

Nossas unidades > Brasil

Usina de Rio Pardo

  • Tipo: Usina termelétrica de biomassa
  • Operação desde: 2009
  • Potência instalada: 60 MW
  • Colaboradores: 29

Primeira usina comprada pela Albioma no Brasil, a unidade de cogeração a bagaço da Rio Pardo Termoelétrica representa um investimento estratégico para o Grupo em um país que ainda é o maior produtor de açúcar do mundo.

Atividades

Com início das operações em 2009 no Estado de São Paulo, a usina Rio Pardo Termoelétrica tem uma capacidade instalada de 60 MW. Ela foi adquirida em 2014 pela Albioma, que assinou um contrato paralelo a um acordo com a Usina Rio Pardo, sua parceira de açúcar, para o fornecimento de bagaço.

315

mil toneladas

de bagaço utilizadas em 2017

151

GWh

de energia elétrica produzidos em 2017

107

GWh

de energia elétrica exportados para a rede

Biomassa e produção de energia

Em 2017, foram utilizadas 315.000 toneladas de bagaço com outras fontes de biomassa local, como palha de cana e lascas de madeira, para produzir 151 GWh de energia elétrica (107 GWh exportados) e vapor de baixa pressão. De acordo com o princípio da economia circular, parte da energia assim gerada era usada para cobrir as necessidades da usina açucareira, enquanto o restante era diretamente injetado na rede.

Desenvolvimento internacional

A aquisição da unidade de cogeração Rio Pardo Termoelétrica também marca o desejo da Albioma de se expandir internacionalmente exportando seu modelo térmico de biomassa. Com mais de quatrocentas usinas açucareiras locais e necessidades crescentes de energia, o Brasil é um mercado promissor para produzir energia elétrica a partir do bagaço. Surge então a implementação de uma estratégia de investimento com o intuito fortalecer a capacidade produtiva de longo prazo do grupo no país.

O que é cogeração?

Em uma usina termelétrica, a cogeração é a possibilidade de produzir simultaneamente energia elétrica e calor a partir de uma única fonte de energia primária. Em vez de se perder, o calor gerado durante a combustão é assim melhorado, o que melhora a eficiência energética da instalação.