Produtora independente de energia, a Albioma desenvolve uma perícia única nas suas dois atividades principais: a Biomassa Térmica e a Energia Solar.

Saiba mais

Número-chave

500

Colaboradores suas habilidades ao serviço do Grupo todos os dias

Saiba mais

Produtora independente de energia, a Albioma desenvolve uma perícia única nas suas dois atividades principais: a Biomassa Térmica e a Energia Solar.

Descubra nossas energias

Nùmero-chave

62%

Energia renovável no mix energético

Saiba mais

Cotada no mercado regulamentado da Euronext em Paris, a Albioma se compromete a colocar à disposição da comunidade financeira uma informação regular, transparente e acessível.

Espaço dos Acionistas
  • Tipo: Usina bioethanol
  • Operaçõa desde: 2019
  • Potência instalada: 41 MW
  • Colaboradores: 6

Primeira usina de bioetanol do mundo, a usina de combustão de bioetanol de Saint-Pierre entrou em serviço em 2019 para produzir energia de ponta com o intuito de garantir a eficiência da rede na Ilha da Reunião.

Atividades

Localizada no sul da Ilha da Reunião, a usina de Saint-Pierre foi construída em um antigo terreno baldio de 1,3 hectares no âmbito de um convite à apresentação de projetos do qual a Albioma foi vencedora em 2014. Com uma capacidade instalada de 41 MW, entrou em produção para fornecer à rede energia de ponta, especialmente nos momentos de pico de consumo.

Primeira usina de combustão de bioetanol no mundo

Primeira no mundo, Saint-Pierre é a única usina do planeta que funciona com uma turbina a bioetanol. Enquanto queima, este combustível líquido libera gases quentes cuja pressão aciona uma turbina. Esta é acoplada a um alternador que torna possível transformar a energia mecânica em energia elétrica. A turbina de Saint-Pierre também se distingue pela sua grande adaptabilidade. Dependendo das necessidades da rede, ela pode ser iniciada em apenas sete minutos para gerar energia elétrica em diferentes potências.

41

MW

potência instalada

7

Minutos

para iniciar/interromper a usina

Fornecimento local de bioetanol

Para funcionar, a turbina de Saint-Pierre utilizará várias toneladas de etanol produzido localmente a cada ano. Este álcool é derivado do melaço, que é um subproduto da cana-de-açúcar usada na fabricação de rum. Na Ilha da Reunião, o melaço seria, no entanto, excedentário face à quota de produção autorizada. A Albioma concluiu um acordo com a destilaria Rivière-du-Mât para valorizar o álcool excedente no local de Saint-Pierre.