Nossa natureza é cheia de energia

o
grupo
Números-chave
753
MW
3.577
GWh
480
colaboradores
2.3
Mt
Potência total instalada em 2017
Quantidade total de eletricidade produzida em 2017
Número dos nossos colaboradores que, todos os dias, colocam as suas competências ao serviço do Grupo para produzir uma energia mais limpa e mais eficaz
Quantidade de biomassa valorizado em 2017, uma grande quantitade suficiente para encher 7 vezes em Stade de France!

A nossa estratégia

Está na hora de mudar a energia!

 

A comunidade internacional se comprometeu a combater as mudanças climáticas e, por conta disso, agilizar a transição energética. A Albioma aplica toda a sua experiência e capacidade de inovação para cumprir esse compromisso ecológico assumido coletivamente e fixado no plano climático francês adequado à França em 2017.

 

Agir em prol da transição energética nos departamentos ultramarinos franceses

 

A biomassa de origem vegetal é uma fonte de energia renovável e não intermitente que atende a redes instáveis. Nosso crescimento foi baseado na valorização de uma reserva considerável ainda pouco explorada: resíduos de biomassa.

A energia da biomassa é usada para produzir energia elétrica através do calor gerado pela combustão de matéria orgânica. Em particular, rejeitos de origem vegetal são utilizados: resíduos de culturas agrícolas como fragmentos de paletes industriais, detritos de extração de madeira e, principalmente, bagaço, o resíduo fibroso de cana-de-açúcar obtido após a extração de açúcar.

Há mais de 20 anos, a Albioma desenvolve uma parceria única com o mundo sucroenergético, o que nos permite transformar localmente o bagaço em energia graças a unidades localizadas perto das fazendas. Graças a este modelo, asseguramos a estabilidade das redes de energia elétrica nos departamentos ultramarinos, áreas isoladas de produção de energia continental, em condições econômicas extremamente competitivas, respeitando a hierarquia de usos. Este modelo nos permite produzir energia renovável de base, disponível 7 dias por semana, 24 horas por dia.

 

Implantar o modelo bagaço/biomassa internacionalmente

 

Desde o ano 2000, na Ilha Maurício, desenvolvemos com sucesso o nosso modelo de parceria com os agroindustriais; produzimos hoje 45% da energia elétrica da ilha. Em 2014, nosso know-how único nos permitiu implantar o modelo original do Grupo no Brasil, líder mundial na produção de açúcar e etanol a partir da cana-de-açúcar. O Brasil continua sendo nossa prioridade internacional nos próximos anos.

Com a ambição de continuar o desenvolvimento de seu modelo em um ritmo sustentado, a Albioma também estuda outras oportunidades de valorização da biomassa sem conflito de uso.

 

Desenvolver projetos solares inovadores com armazenamento de energia

 

Líder na produção de energica elétrica solar nos departamentos ultramarinos franceses, privilegiamos projetos fotovoltaicos de alto valor agregado, incluindo o uso de tecnologia de armazenamento. Tornamos possível mitigar a intermitência dessa energia e, assim, aumentar o número de horas de disponibilidade diária. Quanto à biomassa, estas instalações no solo ou nos telhados dos edifícios são feitas numa preocupação de valorização dos territórios, ou seja, sem conflito de uso.